0

Cerveja Belga: conheça a primeira canalização de cerveja em tubos subterrâneos

Cerveja Belga: conheça a primeira canalização de cerveja em tubos subterrâneos
Avalie este post

Que a cerveja belga está entre as mais conceituadas de todo o mundo já não é mais novidade. Mas agora, além de produzir rótulos criativos e saborosos, o país recebe destaque por achar uma solução inovadora para o transporte de cervejas.

A pequena cidade de Bruges, conhecida por sua impressionante arquitetura medieval, é a sede da cervejaria De Halve Maan ( “a meia lua”) – um verdadeiro ícone de tradição na região. Contudo, a fábrica enfrentava um problema constante: precisava fazer o transporte de aproximadamente 3km entre o local de produção da bebida e a estação de engarrafamento.

Tudo ficava ainda pior porque o constante vai e vem pelas estreitas ruas de Bruges acabou gerando nada menos que…engarrafamento (no pior sentido deles)! Por esse motivo, os empresários da De Halve Maan começaram a investir num projeto diferenciado para a solução dessa questão.

Primeira canalização de cerveja em tubos subterrâneos

Cerveja Belga

Para transportar a cerveja belga, pensaram em construir subterrâneos entre a cervejaria e o local de engarrafamento, deixando, assim, o processo mais ágil e seguro. Segundo informações divulgadas pela imprensa, para realizar a construção a De Halve Maan criou um projeto de crowfunding, ou seja, de financiamento coletivo.

Doce com Cerveja? - Chef com Cerveja

A ideia foi concebida há cerca de quatro anos, mas somente agora finalmente vai se tornar realidade. Vale ainda destacar que esse financiamento coletivo para a cerveja canalizada se tornou o maior crowfunding de toda a Bélgica.

As modalidades de investimento eram diversas, e ao todo cerca de 400 pessoas contribuíram, ganhando presentes exclusivos. No entanto, apenas os 21 investidores que escolheram desembolsar 7,5 mil euros na versão “gold”, irão receber uma garrafa da cerveja mais famosa da marca – a Brugse Zot Blond – por dia para o resto da vida, além de 18 copos personalizados. Nada mal, não é mesmo?

Com a empreitada da cerveja canalizada, Bruges tirou de suas ruas os milhares de caminhões que transportavam nada menos do que 300 mil litros da bebida por mês. A tubulação do projeto foi fabricada com um plástico adequado para acondicionar alimentos, e terá capacidade para escoar 4 mil litros da bebida por hora.

As obras da De Halve Maan estão previstas para terminarem nos próximos meses. De acordo com dados divulgados pela imprensa, o investimento permitirá que a cervejaria continue a crescer, já que as vendas de Brugse Zot aumentaram 30% e a cerveja já está disponível em 30 países.

Será esse novidade um prelúdio de um futuro onde a cerveja poderá sair direto da torneira de casa? Apesar de isso ser praticamente improvável, não custa nada imaginar, né?

Se este artigo foi relevante para os seus conhecimentos sobre o universo cervejeiro, compartilhe-o agora mesmo nas suas redes sociais. E, caso fizer uma visita a Bruges, não esqueça de contar sua experiência aqui nos comentários!

Enquanto isso, para mais artigos falando sobre assuntos curiosos, polêmicos e interessantes do universo cervejeiro, fique de olho no conteúdo postado aqui no Chef com Cerveja! Também trazemos diversos posts com dicas de bares, rótulos, bem como os principais eventos que estão acontecendo no País.

Até a próxima!

Navegação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.