15

Descubra os copos ideais para degustar sua Cerveja preferida!

Avalie este post

Já ouviu aquele ditado que diz: Primeiro a gente come com os olhos? Então, por que acha que beber é diferente? Beber também começa com os olhos!

Mas é claro que não é só pela estética que existem tipos de copos, em linhas gerais os copos são produzidos de acordo com algumas características de determinada cerveja, como por exemplo: Cor, Espuma, Cheiro e “resíduos” que ficam no fundo da garrafa ente outras explicações.

Mas, vamos aos tipos de copos sem mais enrolação.

PLÁSTICO:

Copo Plástico

Copo Plástico

Esse meu amigo, só se você estiver a 300km da civilização, ainda assim se não tiver que dividir com ninguém, bebe no bico mesmo.

ACRÍLICO:

 Copo Acrílico

Copo Acrílico

Bom, se você estiver em um aniversário de criança do filho do seu amigo de infância no condomínio do prédio onde ele acabou de comprar um apartamento e quer mostrar para todo mundo ainda passa.

Doce com Cerveja? - Chef com Cerveja

AMERICANO:

Aqui começa a evolução, usado normalmente nos famosos: Jesus te chama, Comeu morreu, Pingão da Marcia e o que mais adoro – Copo Sujo ai não tem muito do que reclamar.

PILSNER:

Copo Pilsner

Copo Pilsner

Precisa de alguma dica para saber qual o estilo de cerveja ideal? Pilsen  claro!

LAGER:

Copo Lager

Copo Lager

Usado principalmente para Chope. (Um chopes e dois pastel?) Desculpa a babaquice, não resisti.

CALDERETA:

Não tem como não lembrar do Rio de Janeiro, lá também é muuuuuito usado para servir Chope, mas usado também para estilos American Ale e I.P.A.

PINT:

Pint

Pint

Encontrado principalmente em Pubs, tipo de copo usado principalmente para os etilos Stouts, a maior referência de uso desse copo é com a boa e velha Guinness.

Alguns copos tem um “anel” saliente que ajuda e não grudar os copos e consequentemente não quebra-los.

WEIZEN:

Copo Weissbier

Copo Weissbier

Esse é o copo das cervejas de trigo, a parte superior maior e para comportar a espuma que normalmente é colocada logo depois de o garçom girar a garrafa juntando resíduos de fermento. (Já ouvi gente comentar: Coisa de Viado da p…)Ignorância, claro!

O copo é alto para caber todo o conteúdo da garrafa.

História de bêbado: Certa vez uma amigo saiu de um bar com um copo desses na barra da calça. Sem explicação, só bêbado mesmo!

TULIPA:

Tulipa

Tulipa

Indicado principalmente para as Strong Ale (Duvel), que tem uma linda formação de espuma.

Meu estilo preferido, tomo até café com leite nessa taça, além de achar linda, para mim é a que mais valoriza qualquer tipo de cerveja!

CÁLICE:

Cervejas trapista, (Cerveja feita por supervisão de monges da ordem Trapista, pelo menos deveria) . Estilos extremamente conhecidos Dubbel, Tripel, Quadrupel.

CANECA:

Caneca

Caneca

Usada também para Chope, cervejada na laje, em filmes de Wiking e coisa do tipo.

Minha dica: Tenha sempre pelo menos um estilo que mais gosta na sua casa, mantenha sempre limpo e seco. Se quiser manter todos os tipos e ainda receber amigos sua mulher te põe para fora de casa por que vai faltar espaço no armário para encher de “Tapuér“, ou louça que ganhou no casamento mas que nunca vai usar.

Um abraço.

Até!

Navegação

15 Comentários

  1. Pois é, eu tenho praticamente todos, alguns em quantidade maior, e tenho que concordar, haja espaço para copos! Até porque você não vai querer guardá-los com os demais, vai querer exibir na estante da sala…hehehe

    • Beleza Renato?
      kkkk Concordo com você. Já que tem, o negócio é mostrar.
      Também tenho uma quantidade limitada, até por que minha mulher já me ameaçou me por para casa se colocar mais um no armário.rs
      Grande abraço!

  2. Kkkk…..exatamente isso! Começei com uma caneca do Baden Baden. Hoje tenho 33 copos, de todos os estilos, menos o la corne e o kwak, que un dia hei de te-los!rs

    • Bom dia Gustavo, beleza?
      A gente “vicia” nessas coleções. No final das contas é muito legal e acaba dando muito prazer.
      E quando eu inventei de guardar as garrafas, meu irmão nem te falo que quando passei das 100 o espaço foi ficando pequeno, a pressão ficou grande, mas nessa época tinha uma empresa e consegui liberar um espaço só para isso, então minha mulher não ficou muito brava, fica bonito, mas da trabalho.rs
      Grande abraço e boa sorte nas coleções!

  3. Putz… a relação Copo/Espaço x Esposa é complicado pra caramba, iniciei nesse mundo e também viciei, hoje tenho um problema pois o espaço no armário que foi “liberado” para meus copos já lotou e eu ainda não tenho o copo para weiss 600ml e estou receoso de servir dividindo em copos menores, desse modo eu corro risco de perder em sabor nas minhas degustações de weiss?

    • Bom dia Samuel, tudo bem?
      Cara, Você, Eu e todo mundo que entra para o Mundo das Cervejas Especiais em algum momento vamos ter conflito com nossas mulheres. rs
      Olha, perder um pouco da experiência você vai perder, porém se você tiver um copo menor ainda sim vai conseguir ter o fermento no copo e dar aquela giradinha no final, como?
      Vai bebendo aos poucos e virando a garrafa devagar para o fermento não se mexer. Conforme você vai bebendo o líquido da garrafa vai diminuindo até o momento em que vai perceber que é o que falta para completar o copo com o tão “sonhado” residual do fermento.
      Espero ter ajudado.
      Abração.

  4. Parabéns pelo post, só gostaria de pontuar a absurda generalização sexista ao fim do texto. O interesse em cerveja e em como ter a melhor experiência possível na degustação da mesma não é só do homem. Reduzir o interesse feminino à tapuér e louças inúteis não fica nada legal para seu público feminino.

    • Bom dia Karinny, como vai, tudo bem?
      Eu não tenho dúvidas nenhuma que o interesse do homem e da mulher na degustação de cerveja é exatamente a mesma. Participo de eventos, redes sociais relacionados a cerveja e até mesmo esse blog me dá números para corroborar essa informação.
      Eu não reduzi o interesse feminino, mas de uma forma geral louças e tapuér são presentes ganhados pelas mulheres da casa e normalmente se importam com eles até por que sabem da sua utilidade. Eu sei, cozinho muito em casa e sei disso.
      Obrigado pelo seu comentário.
      Daniel

  5. Boa tarde

    Adorei as dicas, estou começando a me adaptar as cervejas PURO MALTE, por incrível que pareça preferia os sucos de milho… hahaha
    Mas o paladar esta mudando e vou aderir a coleção de copos também.
    Concordo em tirar os “potinhos” e liberar espaço para os copos.. =D

    • Bom dia Andrea, como vai?
      Eu sempre digo que é uma viagem sem volta, logo logo vai começar a tomar somente as puro malte.
      Comece a comprar alguns copos para ter mais opção, mas tendo pelo menos uns dois ou três diferente e sempre bem limpos já ajuda bastante.
      Um abraço!

  6. Oi Daniel, estou acompanhando seus textos e estou gostando bastante. Mas sou novata nesse universo cervejeiro rsrs e completamente perdida ainda. Nunca encontrei na net um texto explicando como gelar as cervejas artesanais na geladeira, freezer, etc. Pois é muito complicado para quem é iniciante descobrir a temperatura, etc. Teria como vc fazer um tutorial?rs

    Muito obrigada!!

    • Bom dia Lunna, como vai, tudo bem?
      Que bom que tem gostado, realmente eu fico muito feliz.
      Boa ideia, vou me organizar para escrever sobre esse assunto. O que posso adiantar é que a temperatura varia muito de estilo para estilo.
      Se você quiser mesmo tomar cada cerveja na temperatura ideal (sugerida para o estilo), seria interessante que você tivesse uma geladeira pequena com controlador de temperatura, normalmente nos rótulos quase sempre vem marcado a temperatura ideal para degustar aquela cerveja. Quando você for degustar é só programar a temperatura da geladeira para a temperatura sugerida no rótulo.
      Espero ter ajudado um pouquinho.
      Mais uma vez muito obrigado.
      Um abraço!
      Daniel

  7. Olá Daniel! Muito obrigada pela dica, ajudou sim ;) Seria uma cervejeira?

    Eu estava colocando no congelador mesmo rsrs mas cuidando para não gelar demais. Mas com certeza não é o ideal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *